Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

nabodogato

nabodogato

Sapo

Em geito de homenagem, a foto d'um sapo diferente:

 

                                                      

Faz 1 ano

Parece ter sido ontem mas já foi à um ano que inciei este blog, quero deixar votos para que no próximo ano tenha posts mais ricos e interessantes.

Prometo esforçar-me por consegui-lo.

Fui ao médico

Na passada terça-feira fui ao médico.

Às 8 horas e dez minutos estava a fazer já a minha inscrição.

À minha frente estavam duas velhotas qual delas a mais surda, e a funcionária que estava a atender era uma senhora de cor, com cerca de um metro e oitenta de altura e outro tanto de maus modos.

Bom, àquela hora com aqueles modos, fui adivinhando o que me esperava, mas para evitar xatisses fui vendo o que teria de fazer de modo a nem sequer ela ter necessidade de  me falar.

Assim foi, dei o cartão, dei os dois euros e dez trocadinhos e a senhora passou-me o recibo escreveu a data por extenço, o meu nome, descriminou 1 consulta 2,10€ total 2,10€ pôs o carimbo, assinou, dobrou, juntou o meu cartão, guardou o dinheiro e entregou-me com a indicação de que teria de me dirigir a outro piso.

Ok vitória, não foi preciso irritar-me.

Às oito horas e trinta em ponto chamada prás duas velhotas.

Como não ouviram, veio a médica, outra senhora com cerca de sessenta e poucos anos e iguais modos da outra senhora, dizer que tinham que estar atentas e ouvir a chamada.

Chegou a minha vez.

A senhora está a escrever, olho pra ela e continua a escrever, sugiro que eu vá tirando a roupa para ela ver a diferença após o tratamento, diz-me que sim e continua a escrever.

Viu o que tinha a ver e continuou a escrever, agora no computador.

Fui falando do que passava com o tratamento e como me senti-a, e a senhora continuava a escrever.

Quando teve de dirigir-me a palavra foi com maus modos e arrogância, eu que não estava pra me chatear, calei-me e virei costas, até outro dia se Deus quiser.

Mas pensei, se não teria de a ter lembrado que era um ser humano e que não deveria ser tratado daquela maneira, ainda por cima sou dos que pagam para que ela possa continuar arrogante.

Mas o que ganhava eu com isso pelo geito dela ainda ouvia das que não queria.

Eu achava que já não era possivel continuar na função pública gente desta.

Afinal estou completamente enganado.

É que eu tenho frequentemente ido aos tribunais, às conservatórias, aos notários, aos correios e este género de funcionários já não se vê.

Porquê ainda na saúde?

Será que nós temos culpa de alguma coisa? Culpa de estar doentes?

Será que sentem que lhes estamos a roubar o tempo para estarem nos consultorios privados?

Então porque se mantêm naqueles serviços?

Não será o tempo de haver uma limpesa?

Já agora era aproveitar, já que os governantes estão a passar por maus ao menos que tenham o proveito, assim a gente comum, pobres coitados, que fiquemos a ganhar qualquer coisa com isso.

Até apetece dizer: que aprendam a saber o que é aturar os patrões, que é para aprenderem o que custa, caladinhos e cara alegre.

E não há sindicato que nos acuda nos embirranços e nas más caras dos patrões.

Estou farto de

 

 

Pelotão surpresa

No dia 24 de Novembro ao passar por Belem deparei com este pelotão :

                                                            

 

                                         

 

                                        

 

                                                     

 

                                                

 

                                          

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Favoritos

Links

blogs

outros

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D