Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

nabodogato

nabodogato

Seniores de França convidados a isenção de impostos

Os cidadãos seniores de França, quer sejam portugueses ou franceses, são o alvo central do salão do imobiliário e do turismo português, que decorre na Porte de Versailles, em Paris, convidando-os a vir residir em Portugal isentos de impostos por dez anos.

Ouvi e li esta noticia e pasmei, só pode ser incompetência, o desejar dar tiros nos pés, ou oportunismo na febre de vender o país a troco seja do que for.

Eu não sou dos que dizem mal de todas as iniciativas, mas haja um pouco de vergonha na cara e mais competência.

Tomem-se primeiro medidas, prepare-se o terreno e depois sim leve-se a cabo uma iniciativa com cabeça tronco e membros.

Eu não sou sobredotado, não sou licenciado em nenhum curso do pós Bolonha, mas na minha vida quotidiana já tive o privilégio de conversar com emigrantes portugueses e sei do que se queixam.

Ora se grande parte está hoje arrependida dos investimentos feitos na sua terra natal, porque tinham previsto usufruir deles na sua reforma e deles não podem gozar, porque os descendentes têm a vida estabelecida em França e porque a assistência na saúde em Portugal deixa muito a desejar, como é que alguém pensa em conquistá-los à opção de se passarem para cá?

Além dos que apesar de residem já cá, continuam a ir ter cuidados médicos em França.

Só se é para aproveitamento de dinheiros dados à iniciativa? Desculpem a frontalidade mas é o que dá a entender.

Quando cada vez são mais frequentes noticias sobre queixas sobre os cuidados médicos dispensados à população, ou só fui eu que vi uma senhora a empurrar uma cadeira de rodas pela estrada fora.

Por amor da Santa, arrumem primeiro a casa, dêem condições de assistência condigna ás pessoas e depois então convidem os estrangeiros para vir desfrutar do jardim à beira mar plantado.

Haverá algum estrangeiro senior que sabendo dos doentes que se acumulam nos corredores dos hospitais, das horas infinitas que se passam nas urgencias, das listas infinitas para uma simples operação, que se aventure a essa loucura?

Isto quase parece o conto do vigario.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Favoritos

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D