Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

nabodogato

nabodogato

Ácerca da entrega das casas ao banco

Há dias, estava eu numa sala de espera para uma consulta, ouvi a conversa de duas senhoras.

Uma era uma senhora por volta dos oitenta anos que aparentava ser uma pessoa desafogada e que era acompanhada por uma amiga um pouco mais nova e mais modesta.

Percebi que a senhora mais nova perguntou pela neta e a outra respondeu que estava a trabalhar, que trabalhava numa empresa a vender dessas coisas modernas que é para os computadores mas não sabia muito bem o que era, que lá na empresa gostavam muito dela, que era muito empenhada, já a mãe também sempre foi muito empenhada verdade seja dita.

- Então, mas deixou os estudos ou trabalha e estuda? Perguntou a outra.

- Já acabou, formou-se, mas o que tu queres, não há empregos e ela para ter o seu dinheirinho para as suas despesas, olha enquanto não aparecer coisa melhor vai fazendo aquilo. Tu não vês as pessoas todos os dias a deixar de pagar as casas porque não tem empregos. Quando havia empregos as pessoas podiam comprar casas, carros, férias, mas agora não há empregos, tu não vês se não fosse o banco alimentar até já fome havia.

Também as pessoas como tinham empregos iam aos bancos e eles emprestavam para comprar casa a as pessoas aproveitavam-se e utilizavam o dinheiro para comprar carros e gastar noutras coisas agora não há empregos olha vai tudo para o meio da rua e muitos até têm de voltar para casa dos pais.

Foi aí que me lembrei de umas notícias ouvidas na televisão e das opiniões de uns “paineleiros” que sempre aparecem nestas alturas com ar de sabichões das dúzias.

Dizem essas figuras que os bancos não podem aceitar as casas por troca da dívida porque as pessoas pediram mais que o valor das casas e aproveitaram para comprar carros e outras coisas.

Que sejam pessoas do nosso quotidiano a dizerem isso aceita-se, agora tipos que vêm com grandes títulos abaixo do nome e de nariz empinado é que irrita.

Ainda não vi nenhum referir, nem lhes perguntado porque o jornalista está lá também para isso, que os bancos foram coniventes com a mais descarada pouca vergonha que foi a fuga ao fisco durante anos.

Porque as pessoas para comprar casa tinham de pagar x para a escritura e por fora mais y e não havia volta a dar, se se queria comprar casa era assim que toda a gente fazia.

Agora virem “Chicos espertos” para as televisões atribuírem culpa às pessoas do embuste a que foram submetidas e argumentarem ainda com base nisso para as duplamente castigarem a apesar da entrega da casa ficarem com dívidas é que é um escândalo!

Ao menos podiam contornar com argumentos e não tocar no assunto em que toda a banca foi conivente.

Até me faz lembrar o caso da Casa Pia, toda a gente via os míudos na estação do Rossio e frente ao Éden e ninguém mexeu uma palha e depois fazem cara de muito escandalizados.

Querem-me dizer que os bancos e as Finanças desconheciam da “marosca” da fuga ao fisco na venda das casas?

Mas até, mesmo que assim seja, por amor de Deus poupem-nos, metam a viola no saco e desamparem a loja.

foto da internet

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Favoritos

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D